Pages

segunda-feira, 22 de setembro de 2008

Pequeno desabafo

Trabalho com tecnologia. Vão aí bem uns 20 anos de bits e bytes. Já trabalhei com tudo. Mainframe. Clipper. Programação. Análise. Processos. ERP. QA.
Desenvolvendo ou avaliando, sempre gostei de resolver problemas. E acho que quando uma empresa me contrata é isso que ela quer. Que eu resolva problemas ou que eu evite que os problemas ocorram.
Mas o dia-a-dia acaba conduzindo a gente por outros rumos. De repente, no lugar de desenvolver soluções, eu me vejo cada vez mais desenvolvendo provas de que a culpa não é minha. Que culpa, pergunta você. De qualquer coisa, respondo eu.
Pois uma característica marcante de quase todo o profissional hoje em dia é a capacidade de provar que a responsabilidade pelos problemas é de outro. Atrasou? Foi o fornecedor. Está errado? Foi o analista. O cliente está insatisfeito? Foi a área comercial.
Ninguém assume responsabilidade. Gasta-se um tempo e uma energia enorme com justificativas, planilhas, reuniões, tudo para apurar responsabilidades. E não sobra quase nada para trabalhar de verdade.
Sinto saudade de um tempo que não houve. Em que cada profissional sabe o que faz. Assume o que fala. Assume o que faz. E o que importa é entregar corretamente o que o cliente pediu. Só isso.

2 comentários:

Valtoni disse...

E ainda existe a preventiva. Alguém que quando faz o que deveria ter feito, manda email com cópia para todos os chefes da empresa para se eximir de uma culpa eventual.
Eu, felizmente, ainda consigo trabalhar sem ter que enfrentar esses relatórios de "por que não deu certo".

Kelly disse...

Ah,tem essa tambem... a mania de copiar todo mundo nos e-mails. Tem gente que so nao copia Deus porque nao sabe o e-mail Dele.

E fala ai, como eh que vc consegue nao sucumbir aos relatorios justificativa, hein?